Posted:
Os telemóveis criaram novas formas de interação entre os consumidores e as marcas, dissipando frequentemente a fronteira entre o mundo físico e o digital. As pessoas pesquisam os produtos online e dirigem-se a uma loja para os comprar. Veem uma marca na TV e acedem à Web para obter mais informações. Ou veem vídeos para dispositivos móveis nas suas viagens regulares de e para o trabalho, que as inspiram a reservar uma viagem através do seu computador portátil quando regressam a casa.
Seja qual for a forma de interação do seu público-alvo, só a Google tem a escala e as ferramentas que lhe permitem alcançar pessoas nos momentos que verdadeiramente importam e medir o impacto na multitude de dispositivos e canais que utilizam.
Aguardo com expetativa a possibilidade de partilhar várias inovações consigo, na segunda-feira de manhã, no palco do Times Center, no âmbito da Semana do Anunciante. Todas estas inovações foram pensadas para o ajudar a fechar o ciclo entre a televisão e o digital, o online e o offline, e os dispositivos móveis e os computadores.

Fechar o ciclo entre a TV e o digital com o Brand Lift




Nos últimos anos, temos investido no nosso produto Brand Lift para mostrar aos profissionais de marketing como as campanhas do YouTube influenciam, ao longo de todo o percurso do consumidor, as métricas da marca, tais como a notoriedade e a intenção de compra.
Agora, estamos a alargar as capacidades do Brand Lift para campanhas de TV com o intuito de mostrar aos profissionais de marketing como, comparativamente às campanhas do YouTube, os anúncios de TV aumentam as pesquisas no Google e no YouTube relacionadas com a sua marca. Os nossos testes iniciais mostram que o YouTube gera quase o dobro do número de pesquisas por impressão comparativamente à TV.
O Brand Lift para TV requer uma configuração mínima e não necessita sequer de fornecer o seu plano de meios. Desde que tenha aplicado a solução Brand Lift simultaneamente numa campanha de TV e numa campanha do YouTube, poderemos registar o aumento de pesquisas relacionadas com a sua marca.



"É com grande satisfação que vemos o trabalho que a Google está a realizar para compreender melhor o impacto do vídeo. A Volkswagen está interessada em avançar para uma medição da TV e das plataformas digitais (como o YouTube) de forma equiparada e aguardamos com expetativa que o Brand Lift nos apresente uma forma específica, credível e científica de comparar a eficácia de campanhas em diversos meios de comunicação."
- Vinay Shanani, Vice-presidente sénior, Marketing, Volkswagen of America



Fechar o ciclo entre os anúncios online e as vendas offline


Além da interação entre a TV, o YouTube e a pesquisa online, existe agora uma ligação real entre os anúncios online e as visitas offline às lojas: 30% dos utilizadores de smartphones que visitam um Website ou uma aplicação no seu telemóvel compram algo numa loja nas 24 horas seguintes.[1] 
É por isso que vamos introduzir extensões de localização e a medição de visitas às lojas na Rede de Display da Google, para ajudar os profissionais de marketing a fechar o ciclo entre os anúncios online e as vendas offline. À medida que os consumidores navegam nos seus Websites favoritos ou interagem com as suas aplicações favoritas, pode alcançá-los com anúncios que mostram o endereço da sua empresa, direções no Google Maps e fotos. É uma forma imediata e com elevado impacto de aumentar o tráfego pedonal para a sua loja.  

Para a Home Depot, as extensões de localização para anúncios de visualização alcançaram consumidores que navegavam ativamente nos seus telemóveis perto das lojas mais populares da marca, tendo assegurado um ROI na loja 8 vezes superior. "As extensões de localização para dispositivos móveis na Rede de Display provaram o seu valor muito rapidamente", refere Umut Dincer, Diretor de marketing online da Home Depot. "Conseguimos alcançar adeptos de "Faça você mesmo" que estão perto das nossas lojas e estabelecer uma ligação "mesmo a tempo" que leva até eles a informação que realmente querem nos momentos "quero comprar"." História completa
Como é que os profissionais de marketing medem o impacto destes anúncios online? As visitas à loja por visualização medem o impacto que os seus anúncios na Rede de Display têm nas visitais reais à sua loja, hotel, concessionário automóvel ou restaurante. Com as potencialidades da tecnologia Google Maps, temos acesso às dimensões exatas de 200 milhões de lojas em todo o mundo e fornecemos 99% de precisão nas visitas registadas.[2] Só a Google pode oferecer esta escala e este nível de precisão. Saiba mais.

Fechar o ciclo nos vários dispositivos

O ciclo final a fechar é aquele que existe entre todos os dispositivos que as pessoas usam: telemóveis, tablets, portáteis e todos os outros. Agora, estamos a introduzir o remarketing entre dispositivos para a Rede de Display da Google e o DoubleClick Bid Manager para o ajudar a alcançar o mesmo utilizador em vários dispositivos, aplicações e sites. Agora, pode contar uma única história ao seu público-alvo e decidir a frequência com que veem o seu anúncio nos vários dispositivos.
Suponhamos que é um retalhista e pretende desenvolver uma campanha personalizada para a época festiva. Com o remarketing entre dispositivos, pode alcançar os seus clientes com um anúncio "A época festiva está quase a chegar" nos respetivos telemóveis, durante a sua viagem matinal para o trabalho. Mais tarde nesse mesmo dia, quando os clientes estiverem a navegar no tablet em casa, pode dar seguimento com uma oferta por tempo limitado para decorações e receitas. 
Todas estas inovações serão disponibilizadas ao longo dos próximos meses.

É um privilégio desenvolver produtos que ajudam as marcas a fechar o ciclo de medição, alcance e interação. Teremos todo o gosto em partilhar mais detalhes consigo sobre estas inovações durante a Semana do Anunciante, e é com expetativa que aguardo os seus comentários à medida que continuamos esta viagem juntos.

Junte-se à conversa em #GoogleAW2016.

Publicado por Brad Bender, Vice-presidente de Publicidade em vídeo e de visualização


[1] Google / Ipsos Connect, Como os dispositivos ligam os consumidores às lojas, março de 2016, n=2013 inquiridos online com mais de 18 anos nos EUA. n=567 inquiridos online nos EUA com idade compreendida entre os 18 e os 34 anos (geração do milénio)
[2] As visitas à loja são calculadas através de limiares de dados conservadores com um grau de certeza de 99% de que as visitas registadas são iguais ou inferiores ao número real de visitas.

Posted:
Iniciei a minha colaboração com a Google, há 13 anos, como engenheiro técnico de publicidade, ao criar produtos com base na ideia de que um anúncio online só é eficaz se gerar um clique ou uma compra. Na época, o conceito parecia simples, contudo revolucionou o modo como as marcas interagem com os consumidores.

Atualmente, o nosso setor está a adaptar-se a outra revolução e tudo se deve ao pequeno dispositivo que transportamos connosco para todo o lado: o telemóvel. Durante o dia, quando pretendemos ir a algum sítio ou ver, ou comprar, alguma coisa, recorremos aos dispositivos móveis para obter ajuda: quer se trate de encontrar a melhor oferta especial de hotel ou de comprar o carro ideal. Além disso, milhares de milhões de vezes por dia, encontramos o que pretendemos no Google, no YouTube, no Maps e no Google Play. Esta manhã na dmexco, uma conferência acerca de marketing digital realizada em Colónia, na Alemanha, anunciei duas inovações relacionadas com anúncios que o vão ajudar a estar presente nesses momentos e a oferecer aos consumidores certos o que querem, quando querem.

Vá além da instalação e descubra os clientes mais importantes

As aplicações são uma presença constante no mundo dos dispositivos móveis e representam, cada vez mais, um importante ponto de contacto com os consumidores. Até à data, o AdWords publicou mais de 3 mil milhões de transferências de aplicações para programadores e anunciantes.1 Além disso, costumo contactar com estes indivíduos de todos os cantos do mundo para ficar a conhecer as formas criativas que utilizam na interação com os utilizadores: é o que a minha profissão tem de melhor. Uma das afirmações que ouço frequentemente refere que os utilizadores que interagem com a aplicação são os utilizadores mais relevantes para empresa. Não se trata apenas de incrementar as instalações, mas de gerar ações importantes nas aplicações, como alcançar um nível específico num jogo ou concluir uma compra. Propusemo-nos vencer este desafio.
 
Esta manhã, na dmexco, anunciei a próxima geração de Campanhas de aplicações universais, que vai estar disponível, a nível global, para todos os anunciantes. Na Pesquisa Google, no Google Play, no YouTube, bem como nos milhões de sites e de aplicações na Rede de Display da Google, as Campanhas de aplicações universais podem agora ajudá-lo a encontrar os clientes mais relevantes para si, com base nos objetivos que definiu para a sua empresa.
 
A popular aplicação de pesquisa de hotéis, trivago, foi uma das primeiras a testar esta nova versão das Campanhas de aplicações universais. A marca mostra-se profundamente empenhada em ajudar os viajantes a encontrarem o quarto de hotel perfeito e tem noção de que há uma maior probabilidade de os utilizadores que tocam numa oferta especial executarem o passo seguinte: reservar uma estadia.
Exemplo do percurso de um utilizador desde a instalação até à visualização de uma oferta especial relacionada com um quarto de hotel
Como acontece com a aplicação trivago, pode escolher qual a atividade na aplicação em função da qual pretende efetuar a otimização, por exemplo, tocar até alcançar uma oferta especial ou atingir o nível 10. Além disso, pode recorrer a parceiros de medição de terceiros ou a soluções de medição de aplicações da Google, como o Firebase Analytics, para medir essas atividades. Uma vez definidas as atividades na aplicação no AdWords, estabelecida a solução de análise e definido o custo por instalação, a Google vai implementar o algoritmo de aprendizagem automática. As Campanhas de aplicações universais avaliam inúmeros sinais em tempo real para um refinamento contínuo dos anúncios, de modo a alcançar os utilizadores mais importantes com o preço ideal em todas as propriedades de maior dimensão da Google. À medida que as pessoas começam a interagir com os anúncios, conseguimos determinar a origem dos utilizadores de maior valor. Por exemplo, podemos constatar que os utilizadores que tocam mais vezes em ofertas especiais relacionadas com hotéis são os que veem vlogs de viagens no YouTube. Deste modo, vamos mostrar os seus anúncios nesses tipos de canal do YouTube com maior frequência.
 
No caso da aplicação trivago, as Campanhas de aplicações universais permitiram determinar quais os utilizadores com maior probabilidade de clicarem em ofertas especiais relacionadas com hotéis na aplicação para efetuar a reserva de um quarto. Como resultado, a marca de viagens atraiu clientes com uma valorização 20% superior para a respetiva empresa em dispositivos Android e iOS.
 
Esta é uma mudança preponderante no modo como a Google pode ajudar a sua empresa de aplicações a crescer. Estamos atentos, já não estamos apenas focados na instalação. As Campanhas de aplicações universais têm como objetivo proporcionar interações com os utilizadores e rentabilizar as aplicações nas quais tanto empenho colocou ao criar.

Passar da ponderação à ação com o formato TrueView para ação

A revolução nos dispositivos móveis não mudou apenas o modo como pesquisamos ou interagimos com as aplicações, também mudou o modo como interagirmos com praticamente todos os tipos de meios de comunicação. Este facto é mais evidente na visualização de vídeos por parte das pessoas. Tal como pode testemunhar todos os dias no YouTube.
 
Num estudo recente, constatámos que 47% dos adultos nos E.U.A., entre os 18 e os 54 anos, afirmam que o YouTube os ajuda, pelo menos, uma vez por mês, a tomar uma decisão relativa a uma determinada compra. Trata-se, portanto, de uma amostra representativa aproximada de 70 milhões de pessoas que acedem ao YouTube todos os meses para obter ajuda numa compra.2 Estes momentos plenos de intenção representam oportunidades para as marcas interagirem com os consumidores quando é mais importante, pelo que aceitámos o desafio de facilitar aos consumidores a passagem da fase de ponderação à compra.
 
Nos anos mais recentes, aperfeiçoámos o formato TrueView para mudar o modo como o vídeo é rentabilizado para profissionais de marketing de desempenho. O formato TrueView para promoção de aplicações e o formato TrueView para Shopping tornam extremamente fácil para as marcas gerar transferências e compras diretamente a partir do YouTube. E no caso de marcas com outros tipos de conversão, como o pedido de um orçamento, a reserva de um hotel, a inscrição para receber um boletim informativo ou a programação de um teste de condução?

Hoje, é com entusiasmo que apresento o TrueView para ação: um novo formato que incentiva os utilizadores a realizarem qualquer tipo de ação online que seja relevante para a sua empresa.
Exemplo: TrueView para ação
O formato TrueView para ação torna o anúncio de vídeo mais acionável ao apresentar um apelo à ação personalizado durante e após o vídeo. Este apelo à ação pode ser adaptado ao seu caso prático específico, como "Obtenha um orçamento", "Reserve já" ou "Inscreva-se". Uma vez que se trata de um suplemento de fácil utilização para vídeo, além de todas as vantagens associadas à apresentação do vídeo a um público-alvo de interação, permite-lhe ainda otimizar o desempenho. Tal é particularmente vantajoso para marcas que oferecem produtos ou serviços que requerem uma elevada ponderação, como no caso dos serviços financeiros, ou do setor automóvel ou do turismo. O formato TrueView para ação pode ajudar os clientes no caminho até à compra ao incentivar a realização de ações, como a programação de uma reunião ou o pedido de informações adicionais. Queremos manifestar o nosso entusiasmo com o início dos testes a este novo formato em colaboração com os anunciantes e que decorre até ao final do ano.

Como os consumidores vivem a vida num mundo centrado nos dispositivos móveis, é cada vez mais importante para as marcas consolidarem experiências de mudança direcionadas para este tipo de dispositivo. Temos consciência de que nem sempre é uma tarefa fácil, mas a Google está aqui para ajudar. Tem sido muito motivador observar as extraordinárias experiências proporcionadas aos clientes por muitos dos anunciantes e considero que a dmexco personifica esta partilha de paixão e o espírito inovador que promovem a interação entre marcas e consumidores. Aguardamos com expetativa o contacto com outros anunciantes e demonstramos o nosso agrado em continuar esta extraordinária viagem na sua companhia.

Publicado por Sridhar Ramaswamy, vice-presidente sénior, Área comercial e publicidade


1 Dados internos da Google, análise global
2 Google/Ipsos Connect, YouTube Sports Viewers Survey (Inquérito aos visitantes na área do desporto do YouTube), E.U.A., março de 2016 (n=1500, 18-54 anos)


Posted:
No início deste ano, apresentámos os anúncios de texto expandidos para permitir-lhe fornecer mais informações sobre a sua empresa no próprio anúncio de pesquisa. Apesar de muitos anunciantes terem obtido excelentes resultados com este novo formato de anúncio mais extenso, alguns ainda estão a aprender a utilizá-lo com eficácia.

Para termos a certeza de que dispõe de tempo suficiente para efetuar testes e iterações aos seus anúncios de texto expandidos durante as férias, vamos conceder-lhe mais tempo para atualizar os criativos.

Tem até 31 de janeiro de 2017 para transitar para os anúncios de texto expandidos (em vez da data original de 26 de outubro de 2016). Isto significa que, a partir de 31 de janeiro de 2017, já não vai poder criar ou editar anúncios de texto padrão, ou seja, só poderá criar e editar anúncios de texto com o formato de anúncios de texto expandidos. Os anúncios de texto padrão existentes irão continuar a ser publicados juntamente com os anúncios de texto expandidos.

Os anúncios de texto expandidos podem fornecer bons resultados, especialmente para quem tiver dedicado tempo a escrever e a testar novos criativos. Utilize este período de tempo adicional para testar os seus próprios novos anúncios de texto expandidos.


Focar na qualidade através da realização de testes

Ao longo dos últimos meses, analisámos muitos dados de anúncios de texto. E estes vieram confirmar o que já sabíamos: a qualidade dos anúncios é importante. Carateres adicionais por si só não solucionam problemas de desempenho. É muito importante ser ponderado e apelativo no uso do título e dos carateres adicionais.

Com essa finalidade, tenha em consideração estas práticas recomendadas à medida que progride na otimização do anúncio de texto expandido:

  • Teste várias versões dos seus anúncios de texto expandidos. Experimente abordagens diferentes com o novo espaço de que os seus anúncios dispõem agora. Aponte para 3-5 novos anúncios por grupo de anúncios.  Os anunciantes que testam vários criativos obtêm melhores desempenhos.
  • Concentre os seus testes nos títulos. Os títulos são as partes mais importantes dos seus anúncios e agora dispõe de mais uma linha para fazer experiências.
  • Reproduza o que funciona nos anúncios de texto padrão nos seus anúncios de texto expandidos. Por exemplo, se menciona preços ou utiliza a inserção de palavras-chave num anúncio de texto padrão bem-sucedido, transfira-os para os anúncios de texto expandidos.
  • Considere utilizar títulos mais curtos em anúncios para termos da marca. Por vezes, "Nome da empresa - site oficial" pode ser o suficiente. Não é necessário utilizar todos os carateres que tem disponíveis. Efetue testes com textos do anúncio mais curtos, especialmente em termos onde não sejam necessárias muitas informações adicionais.
  • Continue a apresentar os anúncios de texto padrão até as novas versões os superarem de forma consistente. O facto de ter mais carateres disponíveis não significa que o anúncio de texto expandido seja um sucesso. Continue a apresentar os seus anúncios com melhor desempenho, independentemente da respetiva dimensão.
  • Reveja anúncios anteriores que tiveram sucesso com títulos maiores. Considere utilizar a linha de descrição 1 num anúncio de texto padrão como o novo título 2, especialmente se o desempenho desse anúncio tiver sido bom.


Efetuar uma transição suave para anúncios de texto expandidos

Para além destas sugestões, recomendamos que evite o seguinte:
  • Não implemente o mesmo anúncio de texto expandido em vários grupos de anúncios diferentes. Os seus anúncios devem ser personalizados para as pesquisas dos utilizadores.
  • Não se limite a inserir apenas um novo segundo título sem alterar o resto do anúncio. Adicione conteúdo que seja relevante para a consulta e se enquadre bem com o resto do criativo.
  • Não crie anúncios de texto expandidos que deixem de ser relevantes para a consulta de um utilizador. Tenha em conta a consulta do utilizador ao criar o texto.
  •  Não deixe de referir vantagens ou atributos específicos do seu produto que se provaram apelativos. Teste todas as vantagens para determinar o que funciona melhor no novo formato.


Recursos adicionais

Se ainda se está a familiarizar com os anúncios de texto expandidos, consulte as nossas práticas recomendadas para criar anúncios eficazes.
 
Votos de uma época de férias bem-sucedida, repleta de excelentes anúncios centrados nos utilizadores, quer sejam anúncios de texto padrão ou anúncios de texto expandidos.
 
Publicado por Senthil Hariramasamy, gestor de produto sénior, Ad Formats


Posted:
Note o seguinte: 6 em cada 10 utilizadores da Internet nos EUA iniciam o processo de compra num determinado dispositivo, mas continuam ou concluem a compra num dispositivo diferente.1 Para ajudar os anunciantes a medirem estes caminhos dos clientes, que começam num dispositivo e chegam à conversão noutro, implementámos as conversões entre dispositivosmais de três anos. Com base nesta mesma tecnologia, iremos apresentar três novos relatórios na secção Atribuição do AdWords para disponibilizar estatísticas mais detalhadas sobre a utilização de dispositivos ao longo do caminho de conversão completo da pesquisa.

  • Dispositivos: veja o volume de atividade entre dispositivos ocorrido na sua conta do AdWords
  • Dispositivos intermédios: aplique eficazmente os seus ajustes de lance para dispositivos ao saber a frequência com que diferentes dispositivos assistiram conversões noutros dispositivos
  • Caminhos de dispositivos: examine os caminhos de conversão principais dos seus clientes que utilizam dois ou mais dispositivos
Anunciantes de vários setores no mundo inteiro já sentiram o impacto da atividade entre dispositivos em conversões associadas ao último clique. É com entusiasmo que hoje partilhamos novos benchmarks que mostram a influência da atividade entre dispositivos através de todo o caminho de conversão de pesquisa. 
Existem duas formas principais de agir em relação a estas novas estatísticas entre dispositivos:

  • Selecione um modelo de atribuição diferente, além do último clique. Pode selecionar um de seis modelos de atribuição diferentes para cada um dos seus tipos de conversão: último clique, primeiro clique, linear, desvalorização temporal, baseado na posição ou orientado por dados. Estes modelos de atribuição aplicam-se aos seus anúncios de pesquisa e têm em conta o comportamento entre dispositivos. Quando escolhe um novo modelo, o crédito é reatribuído ao longo do caminho de conversão e as estatísticas de conversão mudam a partir daí. Consulte o nosso guia de práticas recomendadas recente para obter informações adicionais. 
  • Atualize os seus ajustes de lance para dispositivos. O novo relatório Dispositivos intermédios pode dizer-lhe quantas conversões foram assistidas por cliques ou impressões de diferentes dispositivos. O Rácio de cliques intermédios de dispositivos móveis mostra quantas conversões foram assistidas por dispositivos móveis em comparação com o número de conversões finais em dispositivos móveis. Por exemplo, se o seu rácio de cliques intermédios de dispositivos móveis para uma campanha for de 3,72 significa que, para cada conversão num dispositivo móvel, 3,72 conversões noutros dispositivos foram assistidas por dispositivos móveis. Com estas informações, pode atualizar os seus ajustes de lance para dispositivos móveis.
Já pode encontrar os novos relatórios em Atribuição no separador Ferramentas. Esperamos que estes novos relatórios e referências o ajudem a medir os momentos importantes em qualquer dispositivo.

Joan Arensman, gestor de produto
1 Google/Ipsos Connect, março de 2016, GPS Omnibus, N=2013 inquiridos online com mais de 18 anos nos EUA

Posted:
Uma gestão de lances eficiente e eficaz constitui um componente fundamental de qualquer programa de marketing digital bem-sucedido. Temos o prazer de anunciar o Smart Bidding, o novo nome dos lances automáticos baseados em conversões no AdWords e no DoubleClick Search, reflexo da poderosa capacidade de aprendizagem automática que serve de base à funcionalidade.

Tornar os lances mais inteligentes para um melhor desempenho 

O Smart Bidding foi criado com base na grande experiência da Google na utilização de aprendizagem automática como motor de uma vasta gama de produtos, incluindo o assistente do Google, a criação automática de álbuns no Google Fotos e o AlphaGo, o primeiro programa informático a conseguir derrotar um jogador profissional no jogo de Go. O Smart Bidding consegue ter em conta milhões de sinais para determinar o lance otimizado e refina continuamente modelos do desempenho de conversão em vários níveis de lance, para ajudar a rentabilizar o seu orçamento de marketing.

Mesmo quando encontra áreas com um volume de conversões inferior, as capacidades de aprendizagem do Smart Bidding maximizam rapidamente a exatidão dos seus modelos de lance, para melhorar a forma de otimização das palavras-chave detalhadas. Avalia padrões na estrutura da campanha, nas páginas de destino, no texto do anúncio, nas informações dos produtos, nas palavras-chave expressão e muito mais, de modo a identificar um maior número de semelhanças, bem como semelhanças mais relevantes, entre itens de lance, para daí conseguir derivar aprendizagens eficazmente.

Além das suas capacidades de aprendizagem automática, o Smart Bidding foi concebido tendo por base três pilares, inspirados nos comentários dos clientes acerca do que é importante numa solução de lances:
  • Otimização de lances precisa, adaptada ao contexto de um utilizador
  • Controlos de desempenho flexíveis, que têm em consideração os seus objetivos empresariais específicos
  • Relatórios de transparência, que proporcionam informações claras acerca do desempenho dos lances
Brevemente, estarão disponíveis no AdWords várias inovações nestas áreas. Obtenha uma descrição geral completa do Smart Bidding do AdWords aqui.
 
Novos sinais de lances que proporcionam uma visão mais completa do contexto do utilizador
 
O Smart Bidding do AdWords adapta os lances a todo e qualquer leilão existente nas Propriedades da Google, funcionalidade designada por lances "no momento do leilão". Permite ter em consideração a vasta gama de sinais que formam o contexto de um utilizador num determinado leilão e inclui sinais como dispositivo e localização, os quais estão disponíveis como ajustes de lance manuais, bem como sinais adicionais e combinações de sinais exclusivas do AdWords, como o navegador e o idioma. Estamos continuamente a procurar novos sinais para adicionar aos nossos modelos de lance que permitam um maior impacto na previsão do desempenho. Estes incluem adições recentes, como a localização pretendida e atributos de produto semelhantes, além de outros, como sazonalidade e competitividade a nível de preço, que estarão disponíveis em breve. Saiba mais
 
Definir alvos de desempenho por dispositivo com lances de CPA alvo
 
O dispositivo é uma dimensão muito importante na otimização de campanhas e o novo CPA alvo com alvos de desempenho por dispositivo permite definir objetivos de CPA separados por dispositivo. Por exemplo, se é um anunciante da área de telecomunicações que consegue atrair potenciais clientes com melhor qualidade a partir de dispositivos móveis, devido às taxas de conversão mais elevadas das chamadas e das visitas à loja, pode agora definir um CPA alvo para dispositivos móveis mais elevado em comparação com outros dispositivos, de modo a contabilizar estes dados offline. Esta funcionalidade será disponibilizada para todos os anunciantes em campanhas da Rede de Pesquisa e de Display ao longo das próximas semanas.
 
Estados dos lances e alertas em primeiro plano
 
Os relatórios de transparência disponíveis com o Smart Bidding do AdWords refletem, de forma precisa, o desempenho das suas estratégias de lance e assinalam imediatamente problemas que requerem atenção. Esta funcionalidade inclui novos alertas específicos de lances, disponíveis atualmente, e relatórios de desempenho detalhados para estratégias de lance ao nível da campanha, que estão a ser lançados neste momento. Nas próximas semanas, iremos igualmente integrar estados dos lances em posição de destaque nas colunas principais do estado da campanha e do grupo de anúncios. Saiba mais acerca destas novas funcionalidades de relatórios

Anunciantes como a AliExpress, a SurveyMonkey e a Capterra já estão a utilizar o Smart Bidding do AdWords para conseguir um melhor desempenho. 

A AliExpress é uma subsidiária do Grupo Alibaba e opera como retalhista de comércio eletrónico global. A empresa utilizou rascunhos e experiências com campanhas para testar o CPA alvo comparado com a respetiva solução de lances existente. Nas palavras de Jessy Sheng, Gestora de marketing, "Pretendíamos ter acesso a um conjunto de sinais mais diversificado para os nossos lances, de modo a torná-los mais dinâmicos, contribuindo, assim, para o aumento das vendas online em vários mercados." Após apenas um mês de testes do CPA alvo, a empresa constatou um aumento de 93% em conversões e uma redução de 46% no CPA. "Através dos rascunhos e das experiências, podemos facilmente testar novas estratégias de lance, de forma mais rápida do que nunca, o que é importante num negócio caraterizado por um ritmo acelerado, como é o caso do nosso. O Smart Bidding com CPA alvo produziu resultados fantásticos e acionáveis e tencionamos expandi-lo para um maior número de campanhas."
 
A SurveyMonkey é uma empresa líder da indústria em inquéritos baseados na Web. Confrontada com uma forte concorrência nas respetivas palavras-chave, a gestão de lances avançada constitui uma prioridade para a SurveyMonkey, com o objetivo de maximizar o desempenho do orçamento de marketing. "Estamos dispostos a testar qualquer funcionalidade que nos permita obter mais conversões e que nos ajude a alcançar o nosso CPA alvo", afirma Brittany Bingham, Diretora de marketing online. "Após apenas três semanas de testes do Smart Bidding do AdWords, observámos um aumento de 44% em conversões, o que é incrível. Estamos ansiosos por implementar o Smart Bidding com CPA alvo em mais campanhas."

A Capterra proporciona uma forma inteligente de encontrar o software empresarial adequado, ao fornecer aos compradores comentários abrangentes de utilizadores, classificações de produtos e infográficos detalhados. Com uma vasta e complexa estrutura de campanhas que abrange mais de 1 milhão de palavras-chave, 400 categorias de software e segmenta mais de 30 países, a equipa de publicidade da empresa procurava uma alternativa aos lances manuais, de modo a poder concentrar o seu tempo noutras oportunidades de crescimento. Zachary Rippstein, Diretor de publicidade da Capterra, afirma "Aumentámos significativamente a nossa eficiência através da utilização do Smart Bidding do AdWords. Ainda mais importante, no entanto, é o facto de termos constatado grandes melhorias ao nível do desempenho e do crescimento monetário dos lucros. Ao tirarmos partido do CPA alvo, conseguimos obter um lucro 121% mais elevado durante o período de teste, em comparação com o período de controlo."

Para saber mais acerca do Smart Bidding do AdWords, visite o Centro de Ajuda e consulte as nossas práticas recomendadas para maximizar o seu sucesso com os lances automáticos. Se é um anunciante do DoubleClick ou se procura gestão de lances e de campanhas em vários motores de pesquisa, saiba mais acerca do Smart Bidding do DoubleClick Search.

Anthony Chavez, Diretor de gestão de produtos, Anúncios de Pesquisa, Google

Posted:
Embora os consumidores utilizem principalmente os dispositivos móveis, também alternam facilmente entre vários dispositivos para encontrar o que precisam nos momentos "quero saber", "quero ir", "quero fazer" e "quero comprar" que surgem ao longo do dia. De facto, 61% dos utilizadores da Internet e mais de 80% da geração do milénio online inicia o processo de compra num dispositivo, mas continua ou termina noutro[1]. Introduzimos as conversões entre dispositivos há três anos para ajudar os profissionais de marketing a medir na totalidade o percurso dos consumidores entre vários dispositivos que começa com um clique no anúncio num dispositivo ou num navegador e que termina com uma conversão noutro. No ano passado, tornámos também as conversões entre dispositivos mais interativas ao permitir que fossem incluídas na coluna Conversões e integradas nos lances automáticos e nos modelos de atribuição.

Em breve, as conversões entre dispositivos vão também passar a ser automaticamente incluídas na coluna "Conversões", para que possa ter a perspetiva mais abrangente possível do desempenho e para o ajudar a avaliar o valor total dos dispositivos móveis. Esta funcionalidade vai começar a ser implementada para os anunciantes a partir de 6 de setembro de 2016. A definição para incluir manualmente conversões entre dispositivos na coluna Conversões deixará de estar disponível. Depois de 16 de agosto de 2016, as novas contas do AdWords vão incluir as conversões entre dispositivos na coluna Conversões como predefinição.

Os anunciantes em todo o mundo registaram, em média, até mais 16% de conversões ao utilizarem informações de conversões entre dispositivos para obterem uma perspetiva mais precisa e abrangente do desempenho. Eis algumas histórias de anunciantes que melhoraram o desempenho ao contabilizarem as conversões entre dispositivos:

A Lighting New York, um retalhista de produtos elétricos residenciais e comerciais, incluiu as conversões entre dispositivos como uma métrica essencial para as suas campanhas e lances automáticos. Segundo Aaron Covaleski, diretor de marketing de pesquisa, "As conversões entre dispositivos permitem-nos avaliar o tráfego de dispositivos móveis na sua totalidade e publicar uma estratégia de marketing mais agressiva. Munidos destes dados, no ano passado gerámos um crescimento de 50% em relação ao período homólogo do ano anterior durante os nossos períodos mais concorridos da Black Friday e da Cyber Monday. Também reforçámos a notoriedade da marca, o que resultou no dobro das pesquisas da marca entre dispositivos móveis e computadores."

A HomeClick, um retalhista online de artigos para o lar, obteve um aumento de 7% nas conversões quando incluiu os dados entre dispositivos. Como resultado, aumentou a sua presença em dispositivos móveis e incluiu os cliques de dispositivos móveis no modelo de atribuição para efetuar a otimização em relação a uma visão mais global do percurso do consumidor. Também integrou as conversões entre dispositivos nos respetivos lances automáticos. Em conjunto, estas alterações ajudaram a gerar um crescimento de 60-70% da receita. De acordo com Matthew Hardgrove, diretor de marketing, "As conversões entre dispositivos ajudam-nos a compreender o impacto mais acentuado dos dispositivos móveis no desempenho do nosso Website. Fornecem informações que nos permitiram criar novas oportunidades e obter quota de mercado em relação aos nossos concorrentes num segmento de tráfego que anteriormente subestimávamos."

Para a Ringling Bros. and Barnum & Bailey Circus, o respetivo público-alvo efetua normalmente a conversão em computadores, mas também vê vários pontos de contacto antes disso, com os painéis publicitários, a rádio, a TV e, mais importante, os dispositivos móveis. "Sem a medição entre dispositivos, é-nos difícil compreender realmente todo o percurso do cliente", afirma Sam Gomez, vice-presidente de marketing digital na Feld Entertainment, empresa mãe da Ringling Bros. A empresa utilizou o acompanhamento entre dispositivos no AdWords para demonstrar que os dispositivos móveis são um dos principais fatores na geração de conversões e justificar a aposta na estratégia para dispositivos móveis. Este aumento do investimento resultou num crescimento de 262% nas conversões entre dispositivos, num aumento de 30% na venda de bilhetes e num retorno do investimento publicitário de 1.132%.

A U.S. Polo Assn., um retalhista de roupa e acessórios, utiliza a medição entre dispositivos para ajudar a capturar o valor total dos dispositivos móveis. A trabalhar com os parceiros da agência na Elite SEM, viu as conversões em dispositivos móveis mais do que duplicar em relação ao período homólogo do ano anterior, juntamente com um aumento de 128% no tráfego de dispositivos móveis. Matt Debnar, vice-presidente de comércio eletrónico na U.S. Polo Assn. afirma, "Com a análise das conversões entre dispositivos fez-se luz sobre a enorme importância dos dispositivos móveis. Descobrimos que os dispositivos móveis estavam a gerar mais 9% de conversões do que o inicialmente previsto, com uma melhoria de 12% do ROAS." A U.S. Polo Assn. está agora a atualizar a sua estratégia de marketing geral de modo a atribuir orçamento adicional aos dispositivos móveis. "Sabemos que os nossos clientes estão a sentir-se mais confortáveis com o processo de compra através de dispositivos móveis, pelo que estes números só vão continuar a aumentar. As conversões entre dispositivos dão-nos uma perspetiva mais abrangente do desempenho da pesquisa e ajudam-nos a demonstrar o valor do nosso investimento nos dispositivos móveis."

Visite o Centro de Ajuda e leia as práticas recomendadas para saber mais sobre a otimização das conversões entre dispositivos.

Publicado por:
Wilfred Yeung, gestor de produto sénior, lances do AdWords
Tal Akabas, gestor de produto, conversões do AdWords


[1] Google/Ipsos Connect, março de 2016, GPS Omnibus, N=2013 inquiridos online com mais de 18 anos nos EUA


Posted:
Os lances automáticos no AdWords são uma ferramenta preciosa que ajuda os profissionais de marketing a pouparem tempo e a melhorarem o desempenho. Com tecnologia Google de aprendizagem automática, esta ferramenta otimiza lances em grande escala para cada leilão e tem em conta um vasto leque de sinais que o ajudam a adaptar lances ao contexto único de um utilizador. Em 2015, anunciámos uma série de novas funcionalidades de relatórios na Biblioteca partilhada para proporcionar maior transparência relativamente ao desempenho dos lances automáticos. Agora, vamos colocar as estatísticas dos lances em destaque nos locais onde passa a maior parte do tempo no AdWords com três novas funcionalidades:
  1. Novos alertas que sinalizam imediatamente problemas com lances
  2. Estados da estratégia de lance que aparecem diretamente nas colunas de campanha e de grupo de anúncios 
  3. Relatórios de desempenho avançados para estratégias de lance padrão definidas ao nível da campanha
Novos alertas de lances ajudam a resolver problemas

Estão agora disponíveis novos alertas específicos de lances automáticos que ajudam a identificar e a resolver problemas com a maior rapidez possível. Começámos com alertas que sinalizam quando as definições de acompanhamento de conversões têm uma "configuração incorreta" e iremos implementar outros tipos de alerta no futuro. Por exemplo, pode ver o alerta de "Configuração incorreta" se utilizar uma estratégia de lance, como CPA alvo, que otimiza para conversões, mas tiver o seu acompanhamento de conversões desativado ou não tiver adicionado uma ação de conversão à coluna Conversões principal.

Integração dos estados de lances nos estados de campanha e de grupo de anúncios

Durante as próximas semanas, também iremos introduzir estados da estratégia de lance nas colunas de estado de campanha e de grupo de anúncios principais para aumentar a respetiva visibilidade nos seus fluxos de trabalho diários. Por exemplo, se tiver limites de lance que impeçam os seus lances de serem totalmente otimizados, irá ver o estado "Elegível (com restrições)" nas colunas de estado principais. 
 
Seguem-se os tipos de estado atualizados que se podem aplicar às suas regras automatizadas e aos seus relatórios e filtros guardados:

Estado
O que vai mudar
Elegível
Sem alteração
Elegível (limitada pelo orçamento)
Alteração do estado atual "Limitada pelo orçamento" para estar mais consistente com outros tipos de estado
Elegível (aprendizagem)
Novo tipo de estado para lances automáticos
Elegível (com restrições)
Novo tipo de estado para lances automáticos
Elegível (configuração incorreta)
Novo tipo de estado para lances automáticos

Relatórios de desempenho avançados para estratégias de lance padrão

Também estamos a alargar as capacidades de criação de relatórios, disponíveis para estratégias de lance de portfólio, a estratégias de lance padrão definidas ao nível da campanha. Vamos implementar estes relatórios durante as próximas semanas. Pode aceder-lhes no menu pendente "Estratégia de lance" no separador Campanhas para acompanhar o impacto no desempenho causado pelas alterações no estado dos lances e nas segmentações ao longo do tempo.
Visite o Centro de Ajuda e consulte as nossas práticas recomendadas para saber mais acerca dos lances automáticos. Para obter mais detalhes sobre como a tecnologia de lances no momento do leilão funciona em estratégias de lance baseadas na conversão, leia este guia completo.

Publicado por: Jonathan Wang, Product Manager, AdWords Bidding